©2017 por P@t Estúdio - Marketing Digital. Hélio Couto - Todos os direitos reservados.

Marketing Digital
1/10
Please reload

Blog:

Facebook:

Vídeos:

OBJETIVO:

Projeto Arquétipos em Ação

Dentro da Psiquê Universal vivem os Arquétipos ou as Ideias Primordiais de Platão. São energias vivas, inteligentes e conscientes. Tudo que existe dentro da realidade tem um fundamento arquetípico. Todas as situações são arquetípicas. Como já foi dito: não há nada de novo debaixo do sol. Entender como funcionam os arquétipos é de uma importância extrema, pois é como saber o futuro. Os chamados Cisnes Negros são situações arquetípicas à espera de virem para esta realidade. Se entendermos como os arquétipos são e funcionam poderemos estar preparados para tirar o melhor de cada situação.


Qualquer situação pessoal já foi vivenciada por algum dos arquétipos. Todos nós estamos vivenciando um determinado arquétipo, seja o Herói, o Aventureiro, o Conquistador de Impérios, o Alpinista, o Jogador, o Palhaço, a Professora, a Empresária, a Cientista, os Símbolos, etc. Infinitas possibilidades de expressão da Psiquê Universal.

Todas as situações também são arquetípicas, tais como: competição entre empresários, cooperação entre pessoas, depressão econômica, crescimento econômico, turbulência econômica, desemprego, pleno emprego, invasão por conquistadores imperiais, ser o império que conquista, empresário de sucesso, empresário falido, funcionário de sucesso, funcionário fracassado, etc. Só para citar algumas das infinitas situações por que passam as pessoas.

Sabendo-se o que está acontecendo é possível corrigir o rumo dos acontecimentos interagindo com o arquétipo em questão. Toda correção de rumo também é arquetípica. Todo problema tem solução, mais cedo ou mais tarde. Peguemos o dia a dia dentro do Império Romano: inflação, carência de mão de obra qualificada, baixo nível de nascimentos, crises internas e externas, ameaças de outros povos, problemas diplomáticos, insatisfação popular, epidemias, problemas políticos, criminalidade, baixa produtividade, etc. Se houvesse um jornal daquela época pareceria que estávamos vivendo no Império Romano. Já foi dito que a história se repete, mas não da mesma forma. Porém, as situações arquetípicas são as mesmas. Mudam os atores e vestimentas, mas a peça é a mesma. É por esta razão que é possível atuar para resolver ou minimizar os danos ou maximizar os lucros. Aqueles problemas do Império Romano onde estão agora? Não existem mais, entraram para a história. Nunca são mencionados. O mesmo acontecerá com as situações de hoje. Entretanto, podemos aprender das situações do passado, pois todas têm um fundo arquetípico. A soma de todas estas vivencias é um conhecimento extremamente valioso de como funciona a Psiquê Universal.

Um pequeno exemplo: as vidas de Zeus, Hera, Afrodite, Apolo, Hércules, etc. tem algo em comum com o que estamos vivendo nesta vida. Esses arquétipos viveram situações arquetípicas e aprenderam com isso. Suas vivências e ensinamentos podem nos ser úteis agora e sempre. O objetivo deste projeto é propiciar análises destas situações e arquétipos para melhorar o desempenho do que é vivido atualmente.

Hélio Couto